Outros Formatos


OS ANALECTOS

Confúcio

Tradução de Caroline Chang

R$64,90

O mais rico repositório do pensamento oriental

Apresentação, notas, glossário de nomes e apêndices sobre a vida de Confúcio e de seus discípulos por D.C. Lau

“Não se pode senão concordar com palavras exemplares, mas o importante é retificar a si mesmo. Não se pode senão ficar satisfeito com palavras elogiosas, mas o importante é reformar a si próprio. Nada posso fazer com o homem que concorda com esses preceitos mas que não retifica a si próprio, ou com o homem que fica lisonjeado mas que não reforma a si próprio”.
(Livro IX, 24)

Os analectos são a compilação que chegou até os dias de hoje dos ensinamentos de Confúcio, sábio que viveu entre os séculos VI e V a.C. Registrados na forma de diálogos, aforismos e parábolas, são, tomados em seu conjunto, o maior depósito de conhecimento do Oriente, principalmente da China. Tendo vivido no período feudal da história chinesa, Confúcio ensina estratégia, benevolência (principal característica dos seres humanos extraordinários ou “cavalheiros”) e a necessidade de autoaperfeiçoamento. De uma sabedoria rica e sutil, difícil de ser parafraseada ou resumida, Os analectos são de profundo interesse no século XXI, no mundo da pós-verdade e do apagamento dos valores morais.

Ler mais

Informações Gerais

  • Título:

    OS ANALECTOS

  • Catálogo:
    Outros Formatos
  • Gênero:
    Filosofia
  • Cód.Barras:
    9786556662367
  • ISBN:
    978.65.566.6236-7
  • Formato:
    14x21
  • Páginas:
    272
  • Medidas:
    14 X 21 X 1,5 cm
  • Edição:
    fevereiro de 2022

Vida & Obra

Confúcio

(551-479 a.C.) Embora tivesse origens nobres, nasceu em circunstâncias bastante humildes no reino de Lu, na atual Shantung, em uma época em que o domínio imperial estava em declínio. Ele era um grande admirador do duque de Chou e via a si próprio como o depositário da antiga cultura Chou, mais do que um inovador. Pregava uma filosofia moral que tinha o homem como peça central. Para ter responsabilidade moral, ele acreditava, um homem deve pensar por si próprio. Essa crenç...

Ler mais

Opinião do Leitor

Seja o primeiro a opinar sobre este livro

Você também pode gostar